Notícias

Sisemp assegura retorno de Servidora ao seu local de trabalho original


O Sindicato dos Servidores Municipais de Palmas (Sisemp) assegurou a permanência de servidora da Secretaria Municipal de Educação, no local de trabalho em que atuava, após transferência via portaria administrativa, realizada sem justificativa. 

A Professora Maria Iza Adorno, após fazer críticas e denúncias em relação à direção da escola em que é lotada foi transferida, através de portaria, sem notificação e justificativa plausível, já no segundo semestre do ano letivo, o que causou transtornos tanto à Professora, quanto a seus alunos. 

Em razão do ocorrido, a Professora procurou a Assessoria Jurídica do Sisemp, pela qual foi prontamente atendida, e através de Mandado de Segurança conseguiu o retorno da servidora a seu local de trabalho original.

Na solicitação o Sisemp argumentou que “que o Município agiu com arbitrariedade, e que a remoção tem por base suposta perseguição política, vez que a impetrante vem realizando denúncia de possíveis irregularidades na escola em que trabalha”.

O pedido de Mandado de Segurança foi aceito pela 1ª Vara da Fazenda e Região e a servidora foi reconduzida a seu local de trabalho.
“Só consegui esse retorno por causa do Sisemp. O Sisemp bombou, foi maravilhoso, porque muita gente percebeu que servidor tem onde recorrer”, afirmou a Professora. 



Parceiros